Os benefícios da Beterraba

Os benefícios da Beterraba

 

Hoje trago-vos um artigo sobre a beterraba. Não há muito tempo partilhei aqui um húmus de beterraba delicioso e na altura ficou o mote lançado para escrever um post exclusivamente dedicado a este alimento mega poderoso e excelente aliado na prevenção e tratamento de doenças como o cancro por exemplo. E como tanto se fala em reforço de sistema imunitário atualmente com toda esta situação de pandemia em que vivemos, achei oportuno dedicarmos um tempinho a um dos tubérculos mais poderosos.

A beterraba é um alimento muito versátil, podendo ser consumida crua ou cozinhada, em fatias, ralada, grelhada, cozida, assada ou ainda em sumos. 

Já referi no meu post sobre o húmus de beterraba que foi uma das minhas maiores amigas no combate à anemia nas gravidezes por ser um alimento muito rico em ferro.

Além do poder curativo na alimentação, a beterraba é também um poderoso corante natural que pode ser usado para dar cor a receitas e a outros materiais. Além disso dela também se extrai um dos açúcares mais usados em toda a indústria, o açúcar de beterraba.

Vamos lá conhecer mais de perto este tubérculo e alguns dos principais benefícios da beterraba.

A maior parte das pessoas que conheço não acha grande piada à beterraba e o argumento é sempre o mesmo: “sabe-me a terra”. Eu por acaso adoro o sabor da beterraba, mas para tentar convencer os mais cépticos vamos lá então ver alguns dos benefícios:

  • Contém antioxidantes (carotenoides e flavonoides), minerais (zinco, magnésio, fósforo, potássio e ferro) e vitaminas (A, complexo B, e C).
  • É um excelente alimento para diabéticos pois possui um alto teor de fibras que ajudam a controlar o nível de açúcar no organismo.
  • Tem propriedades anti-inflamatórias, diuréticas, digestivas, sendo também um desintoxicante natural e um potente purificador do sangue.
  • Ajuda a prevenir constipações e melhora a evacuação.
  • É um alimento potente para ajudar a desintoxicar o organismo.
  • Tem um papel importante na manutenção dos tecidos cerebrais.
  • Ajuda na formação dos ossos e regula as funções musculares e nervosas.
  • Promove o descongestionamento das vias urinárias.
  • Fortalece o sistema imunitário.
  • Estimula a produção de glóbulos vermelhos.
  • Estimula a concentração, aumenta a oxigenação do cérebro e diminui riscos de doenças cardiovasculares.

Resumindo e concluindo: a beterraba e tudo de bom!

Sabem porquê que e beterraba tem cor vermelha?

Devido à presença de betaína, um trimetil oriundo do aminoácido glicina. Um dos efeitos fisiológicos dessa metilamina é atuar como um osmólito, aumentando a retenção de água das células, além de proteger as enzimas intracelulares da desnaturação induzida por alta temperatura.

E agora? Depois desta lista já estão mais convencidos a introduzi-la na vossa dieta?

Espreitem aqui algumas receitas feitas com beterraba.

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *